quinta-feira, 17 de setembro de 2009

salões de humor DUPLA GAÚCHA BRILHA NO BH HUMOR


Primeiro lugar pro Rodrigo Rosa,
menção honrosa pro Vilanova.




É sempre assim nos salões nacionais e internacionais: quando não é um cartunista da Grafar é outro grafariano, quando não dois duma vez só. Como agora, no I BH Humor Salão Internacional de Humor Gráfico de Belo Horizonte, onde os nossos premiadíssimos Rodrigo Rosa e o Vilanova, admiráveis nas ideias e no traço, forambuscar seus troféus no lixo. Calma, essa foi a provocação temática de estreia do BH Humor (enfocando principalmente o problema causado pelo excesso de detritos gerados pela sociedade de consumo e suas implicacões ambientais). E para marcar a iniciativa mineira na área, o salão atiçou a competição com uma premiação de 5 dígitos: 10 milhas! Que o Rodrigo embolsou com este arrebatador pequeno príncipe do lixão, inscrito na última hora. Para saber aemoção do evento e da inspiração do autor, acesse um depoimento do vitorioso, aqui. Ao novo salão chegarammais de 1000 trabalhos, de 44 países, estrondoso sucesso, que optou pelas categorias cartum e caricatura. No meiode tanta concorrência, o Vilanova foi lá e, como já é costumedele, mais uma vez saiu ótimo na foto. Aos nossos queridos campeões da graça, as palmas ensurdecedoras do Tinta China e da cambada da Grafar. (Como puxamos primeiroa brasa para as nossas sardinhas, segunda-feira o blog dáo resultado geral do salão, que pode ser conferido neste link.)


9 comentários:

Fraga disse...

Para esses dois e outros laureados de sempre (Santiago, Moa, Ronaldo), a dúvida é: ser premiado em salão é privilégio ou rotina? Aposto que o money que os cinco já faturaram, de euros a rublos, ajudou a liquidar a dívida externa brasileira. Enfim, clap, clap, clap.

uberti disse...

Absolutamente geniais!!! Clap, clap, clap.

Rafael disse...

Bá, um melhor que o outro.
Parabéns, gurizada.

Anônimo disse...

Parabéns aos colegas da casa!!!!

Anônimo disse...

Essa geração de Toddynhos e Nescaus tá dando uum chocolate nas premiações. Parabéns do CADO.

Anônimo disse...

que los parió!!!
Ruben

Anônimo disse...

Primoroso trabalho, Rodrigo, da concepção à composição e à execução em detalhe. Por exemplo: o sol encoberto pela fumaça, lá no canto esquerdo. Detalhe mínimo? Sem ele, toda a cena perde profundidade(façam o teste,tapando c/ o dedo).Isso é excelência...
O Villa também mata a pau, mas tem
uma coisa estranha,parece jogada ensaiada... cumé q os dois desenhos são das mesmas cores?
Edgar

Anônimo disse...

Pra vocês, agora, participação em salão só a la Clóvis Bornay, prêmio hours concours.

Eugênio

Anônimo disse...

quando o sujeito nasce com todo este talendo, nunca mais precisa trabalhar na vida ..
louzada