segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

quadrinhos LANCAST




Título: De Krim Toot
Técnica: Caneta e computador
Veículo: Álbum coletivo para Editora Devir
Local: Porto Alegre

9 comentários:

Tati Schostack disse...

Que lindinho!

Anônimo disse...

BONITO POEMA/QUADRINHO, SEU LANCASTER
SANTIAHGO

Anônimo disse...

Encantador, Lanca. Eu usaria o causo pra comer alguém... (Bier)

Anônimo disse...

Lanca, desculpe, o trabalho tá uma beleza, mas tem um erro fundamental pra quem quer escrever:
ou o tratamente da "esperança" é TU (2ª pessoa) ou é VOCÊ (3ª pessoa). O texto diz "Vai (tu) minha esperança", e depois "volte",
"pouse" , "evite" e "escute", todops os verbos flexionados para tratamento de VOCÊ, 3ª pessoa. É só tirar o "i" do "vai", e fica tudo certo...
Edgar

Anônimo disse...

Edgar,
Não seria mais elegante dá uma aula de português num espaço reservado?
Eu tava pensando em publicar um verso de "Cordel", mas como os verbos não são flexíveis, desisti.(descurpe os erros de portoguês).
Lancast.

Anônimo disse...

A idéia não é ofender, mestre Lanca, eu conheço e aprecio textos teus há muito tempo, mas esse é um erro comum, inclusive em HQs que se pretendem sofisticadas. É ruim passar batido (no cordel se justifica, é um estilo popular com uma lógica própria).
Edgar

Anônimo disse...

Poesia e livre, sempre foi e sempre vai ser. Grande Lanca!
E tem mais: existem erros e ERROS. Não vale a pena apontar os pequenos quando deixamos passar Barbaridades sob os nossos experientes bigodes...
Abs

Edu

FRAGA disse...

Grande Lanca,
Coisa linda D+, "gostei de tudo,da simplicidade funcional do desenho, da sensibilidade e poesia das cores e do movimento quase "animado" da linguagem sequencial do teu quadrinho!
E como dizia o velho maestro Villa-Lobos vendo o meste Cartola tocando violão..."tá errado, mas tá uma maravilha!".

Anônimo disse...

Aposto que esta combinação de tu com o verbo conjugado na 2a pessoa do singular cai antes que a nova ortografia seja absorvida. A nova geração já te tira pra tio se tu fala "tu foste", "tu falas". Na escrita pode ainda demorar um pouco mais, mas a linguagem falada é que manda, e é desta que bebe a poesia.
Vai, Lanca!
Bj
Lizi